10/09/2016

O Príncipe dos Canalhas, de Loretta Chase

| |


Livro: O Príncipe dos Canalhas
Autora: Loretta Chase

Tradução: Ivar Panazzolo Junior

Ano de Lançamento: 2015

Número de Páginas: 288

Editora: Arqueiro

ISBN: 9788580413991

SINOPSE:
Sebastian Ballister é o grande e perigoso marquês de Dain, conhecido como lorde Belzebu: um homem com quem nenhuma dama respeitável deseja qualquer tipo de compromisso. Rejeitado pelo pai e humilhado pelos colegas de escola, ele nunca fez sucesso com as mulheres. E, a bem da verdade, está determinado a continuar desfrutando de sua vida depravada e pecadora, livre dos olhares traiçoeiros da conservadora sociedade parisiense. Até que um dia ele conhece Jessica Trent...

Acostumado à repulsa das pessoas, Dain fica confuso ao deparar com aquela mulher tão independente e segura de si. Recém-chegada a Paris, sua única intenção é resgatar o irmão Bertie da má influência do arrogante lorde Belzebu.

Liberal para sua época, Jessica não se deixa abater por escândalos e pelos tabus impostos pela sociedade – muito menos pela ameaça do diabo em pessoa. O que nenhum dos dois poderia imaginar é que esse encontro seria capaz de despertar em Dain sentimentos há muito esquecidos. Tampouco que a inteligência e a virilidade dele pudessem desviar Jessica de seu caminho.

Agora, com ambas as reputações na boca dos fofoqueiros e nas mãos dos apostadores, os dois começam um jogo de gato e rato recheado de intrigas, equívocos, armadilhas, paixões e desejos ardentes.



RESENHA

"O Príncipe dos Canalhas" é um livro que eu já querias ler há um tempo, por dois motivos:
  1.  Ser um romance de época; 
  2. Lembrar (um pouco) de Orgulho e Preconceito (que é meu livro amorzinho <3)

Dain foi um rapaz que cresceu privado de várias coisas como: amor dos pais, amigos honrados e respeitadores, carinho e muitas outras, tornando-se assim, um moço temido e ao mesmo tempo admirado por muitos em Paris. Muito conhecido como Lorde Belzebu, Dain sempre tinha o que queria: terras, bebidas e mulheres. Ele tinha seus fieis companheiros de bar e tudo o que conseguiu foi sozinho e com seu próprio esforço.



Sebastian Ballister (nome verdadeiro de Dain) nunca assumia compromissos com damas respeitáveis, pois sua relação com mulheres era sempre para seu divertimento. Até conhecer Jessica Trent. Srta Jessica sempre foi uma garota autêntica e segura de si, que chegou a Paris apenas com a intenção de tirar seu irmão dos "feitiços" do Marquês de Dain. Ela não entendia que tipo de homem era aquele que estava fazendo seu irmão gastar tudo o que tem. O que ela não esperava era que, para isso acontecer, ela precisaria presenciar os sentimentos mais arrebatadores que já viveu em toda sua vida.


Loretta Chase faz-nos vivenciar fortes emoções com as idas e vindas de um verdadeiro belzebu (muitas vezes considerado filho do diabo) e uma moça que terá como seu objetivo de vida fazer com que Sebastian se torne um homem respeitável e digno de ser amado.

Apesar da autora retratar os costumes, vestimentas e locais do século XIX com clareza e verdade, senti que alguns termos e gírias usados no livro não existiam na época e/ou não eram usados como foi mostrado na história, ou seja, expressões bem recentes. Não sei se isso é uma característica de Loretta ou se foi uma artimanha do tradutor, pois muitas vezes a palavra não tem tradução e o responsável procura a palavra mais próxima. Mas, o que importa é que não tira o foco da história, o enredo é nos envolve a cada página.

Espero que tenham gostado.
Um beijo no coração de cada leitor(a)!!

 Gabi Farias

2 comentários:

  1. Amei o blog, ainda não conhecia.
    Segue meu blog, estou te seguindo como Art of life and books.
    Art of life and books

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas o enredo parece ser realmente daqueles que te prende até o fim hahaha
    adorei a resenha !! :)
    beijoss
    Isa
    https://wonderbookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Obrigada pela visita! Seu comentário me deixa imensamente feliz. Deixe o link do seu blog , seguirei com todo prazer !